[ editar artigo]

Black Friday e as festas de final de ano

Black Friday e as festas de final de ano

Conheça as 10 dicas que preparamos para as marcas atingirem seu potencial de divulgação e vendas nesse final de ano

Uma verdadeira mudança de hábitos! Em 2020, consumidores de diversos perfis – até mesmo os mais “analógicos” – foram obrigados a utilizar a internet para buscar informações sobre produtos e serviços, assistir a vídeos de reviews e tutoriais, comparar preços e, por fim, efetuar a compra. Com a pandemia, cada vez mais pessoas se adaptaram a esse comportamento e as marcas logo perceberam isso.

 

Com as agências e anunciantes com os olhos voltados para o comércio eletrônico, mais do que nunca, a Black Friday e as festas de final de ano demandam atenção e planejamento das marcas. Para este ano atípico, é esperado um crescimento de pelo menos 30% nas vendas em relação ao ano passado, segundo dados do E-commerce Brasil. Assim, neste momento marcado pela retomada da economia, nós da ZAHG lançamos um guia para as empresas com as Melhores Práticas para a Black Friday deste ano.

O ambiente digital é primordial para o mercado recuperar o que foi perdido durante a quarentena, aproveitando a alta na conectividade de muitos consumidores.

“Com a pandemia, mais pessoas passaram a utilizar e até mesmo a depender das compras online. E entre essas, uma boa parcela está adquirindo produtos por meio de sites e aplicativos pela primeira vez, abrindo um novo canal de oportunidades para os anunciantes”

Márcio Jorge, diretor de inteligência da ZAHG.

Comportamento de buscas online por produtos nas épocas sazonais e final de ano

Recomendações estratégicas e de boas práticas

O Guia é voltado para os profissionais de mídia e operações das agências que atuam com o mercado digital e visam encontrar os formatos ideais de conteúdo para Leads no “Meio de Funil”. É nesta etapa do processo do “Funil de Vendas” que o mídia mostra como as soluções podem ajudar os potenciais clientes a resolverem seus problemas do dia a dia da jornada de compra.

“Os espaços de mídia estarão cada vez mais concorridos muito antes da data oficial da Black Friday no mercado, que é dia 27 de novembro. E isso impacta nos custos de CPM – Custo Por Mil Impressões/CPC – Custo Por Clique, disponibilidade de inventário e até na efetividade do alcance e na fixação da mensagem”

Luana Segatto, gerente de operações da ZAHG.

Conheça agora as 10 dicas da ZAHG que podem ajudar as marcas a garantir presença e relevância durante a Black Friday e festas de final de ano:

  1. Concentre seus investimentos nos primeiros 20 dias de novembro. A partir da segunda quinzena, os maiores varejistas e anunciantes costumam fortalecer seus investimentos e fazer grandes negociações de mídia. Isso faz com que sua marca se destaque no meio de tantos anunciantes.
  2. Se você tem um e-commerce, se aproveite desta data e anuncie uma campanha especial, antecipe suas ações e garanta seu “Share of Wallet”, fazendo com o que os usuários vejam a sua oportunidade de compra antes mesmo da data da Black Friday.
  3. Se seu budget for limitado durante o período, concentre seus investimentos na plataforma que for mais rentável para sua campanha e reduza o tempo de veiculação. Assim você garantirá sua exposição antes de outros anunciantes gigantes pagarem muito mais caro pelo inventário.
  4. Procure focar nos inventários menos populares, aproveitando oportunidades de leilões programáticos com maior variedade de canais. Neste período os inventários de Google e Facebook serão os mais disputados.
  5. Se seu budget for ilimitado, aproveite ainda mais o potencial da época trabalhando com estratégias programáticas garantidas, em que pré-reservamos o inventário dentro de grandes veículos para garantir sua veiculação. Para esta estratégia, consulte nossos especialistas. Eles poderão oferecer a melhor recomendação de mídia.
  6. Caso você tenha uma ação de Black Friday, faça campanhas relacionando este termo, inclusive nas campanhas em buscadores. Porém, aproveite a primeira semana de novembro e depois retire essas palavras, pois o custo delas começará a crescer e este inventário ficará muito concorrido.
  7. Após a Black Friday, entraremos automaticamente no período de festas, em que o inventário continua concorrido e com custos mais altos. Porém, com a aproximação das datas de feriados, a audiência tende a diminuir drasticamente. Assim, planeje seu budget para ser consumido até o dia 20 de dezembro.
  8. Garanta que seu site esteja oferecendo uma boa experiência de navegação, com carregamento rápido, informações claras e fáceis de serem encontradas e, principalmente, com a versão mobile do site cumprindo todas as regras de boa navegação nos celulares.
  9. Verifique se seu site já está adequado às políticas da LGPD, para que você possa coletar informações do seu público e planejar próximas campanhas.
  10. Não se esqueça de deixar seu site tagueado e pronto para coletar os cookies deste período. Eles poderão ser utilizados em estratégias futuras de remarketing ou look alike.

Conte conosco para definir a melhor estratégia para que suas campanhas sejam bem-sucedidas durante este período. É a hora da sua marca faturar bem e tirar o melhor proveito desse momento!

Para baixar nosso guia de Melhores Práticas para Black Friday 2020, acesse:

Melhores Práticas para Black Friday 2020

ZAHG Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você