[ editar artigo]

Consciência negra é conscientizar-se de que tudo precisa mudar. E, parece, já estar mudando

Consciência negra é conscientizar-se de que tudo precisa mudar. E, parece, já estar mudando

Por Douglas Souza - designer digital da Zahg

Sabe aquela música que te convida para se aceitar mais, viver mais, amar mais e saber quem você é?

Então, foi isso que aconteceu comigo quando ouvi pela primeira vez a “Voz Ativa”, música dos Racionais MC’s lançada em 1992 do EP. “Escolha seu Caminho” e regravada ano passado por Coruja BC1, Dexter, Djonga e Dj KLJay.

Pois é, uma música de quase 30 anos de existência que continua atual. Estamos falando de música? NÃO! Ao decorrer deste texto você vai entender o porquê dela continuar atual.

Por mais que hoje as pessoas lutem pela diversidade, ainda vivemos no país mais racista do mundo. Isso mesmo, o país mais racista do mundo.

 

“Mais da metade do país é negra e se esquece
Que tem acesso apenas ao resto que ele oferece”

Trecho da música Voz Ativa


Trecho da música que exemplifica bem como existem poucas propagandas para nós pretos, mesmo sendo 55% (IBGE) da população brasileira. E por que essas propagandas não são voltadas para nós? Afinal, só os brancos vão ao shopping, compram casas, carros, roupas, vão aos supermercados, escovam os dentes, lavam os cabelos, fazem seguro de vida, convênio médico?

Segundo estudo feito pela agência Heads Propaganda e da ONU Mulheres, a ausência de representatividade de pessoas negras nos anúncios que envolvem idosos ou veiculados em programas infantis, é gritante. Nas mais de 3.130 propagandas de TV, concluiu-se que, quando os homens são protagonistas, eles são brancos em 84% dos casos, e negros em 7%. Em outros 9% dos comerciais, esses homens são de várias etnias. No caso das mulheres, as brancas ocuparam 74% dos papéis principais, enquanto as negras, 22%, e as mulheres de várias etnias, 4%.
 

“Modelos brancas no destaque
As negras onde estão?
Desfilam no chão em segundo plano”

Trecho da música Voz Ativa


Realizada desde julho de 2015, a pesquisa aponta que a representação de mulheres negras como protagonistas cresceu até julho de 2017, mas se estagnou desde então. Em julho de 2018, o percentual chegou a atingir 25%, mas caiu para 17% em fevereiro de 2019 e voltou a subir para 22% em fevereiro de 2020.

Já a representação de homens negros como protagonistas teve um pico de 22% em fevereiro de 2019, mas voltou a cair para 7% este ano, retrocedendo ao mesmo patamar de julho de 2017. A pesquisa destaca que quando o personagem masculino é coadjuvante, a participação dos homens negros salta para 41%, enquanto a das mulheres negras cai para 4%.

Pesquisadora e publicitária da Heads Propaganda, Isabel Aquino destaca que o ideal é que a representatividade da população negra na publicidade seja equivalente à composição social da sociedade brasileira. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais da metade dos brasileiros se identificam como pretos ou pardos, grupos que formam a população negra nos critérios do instituto.

“Mas onde estão
meus semelhantes na TV?
Nossos irmãos
Artistas negros de atitude e expressão?

Trecho da música Voz Ativa

Nada disso é feito para impactar a gente. Quantos pretos e pretas ocupam um cargo de direção nas agências de Publicidade e Propaganda, trazendo mais representatividade?

Aliás, essa falta de representatividade não se restringe apenas ao mercado publicitário, mas existe em todos os setores. Na escola, ensinam nas aulas de História que fomos escravos, mas não destacam que foi o povo negro construiu esse país. Não dão destaque aos primeiros engenheiros negros brasileiros, André e Antônio Rebouças homenageados com nomes de avenida, túnel e até um bairro inteiro, pois foram eles que projetaram obras importantes no Rio de Janeiro e contribuíram muito com o desenvolvimento do estado do Paraná, além de lutarem pela abolição da escravidão.

Sem falar do escritor Joaquim Maria Machado de Assis, considerado por muitos críticos, estudiosos, escritores e leitores um dos maiores, senão o maior nome, da Literatura nacional. Este homem negro foi o fundador e primeiro presidente unânime da Academia Brasileira de Letras.

Também não dão destaque, por exemplo, ao advogado Luiz Gama, advogado, abolicionista, orador, jornalista e escritor brasileiro e o Patrono da Abolição da Escravidão do Brasil. E a Esperança Garcia, uma mulher negra escravizada brasileira, considerada a primeira mulher advogada do Piauí que, em uma peça teatral realizada no mês passado no Piauí,  foi interpretada por uma mulher branca, o que representa o embranquecimento de uma pessoa negra.

 

“Esse é o Brasil que eles querem que exista
Evoluído e bonito, mas sem negro no destaque
Eles te mostram um país que não existe
Esconde nossa raiz
Milhões de negros assistem
Engraçado que de nós eles precisam
Nosso dinheiro eles nunca descriminam”

Trecho da música Voz Ativa

 

Racismo estrutural e a inteligência artificial

Nossa vida já está dominada pela inteligência artificial. Talvez não seja tão óbvio, mas redes sociais, aplicativos de bancos, compras online entre outras, podem ser racistas, machistas e discriminar uma pessoa por orientação sexual ou região. Isso acontece por o algoritmo ser baseado no comportamento social vigente, o reproduz e apresenta falhas. As tecnologias não são neutras, pois foram construídas num contexto social. Há muitos relatos de homens negros sendo presos e a justificativa foi o sistema de reconhecimento facial. Pouco tempo depois comprovou-se que eles eram inocentes.

E o mesmo acontece com os celulares e filtros das redes sociais, que permitem afinar o nariz, clarear a pele e mudar a cor dos olhos, reforçando o discriminatório estereótipo de beleza. Tanto o Google quanto o Flickr foram denunciados pelos usuários por rotular pessoas negras como macacos e gorilas. Recentemente o Twitter também foi denunciado por priorizar os rostos brancos nas publicações dos internautas.

 

“Chega de festejar a desvantagem
e permitir que desgastem a nossa imagem
Descendente negro atual meu nome é Brown
Não sou complexado e tal
Apenas Racional”

Trecho da música Voz Ativa

 

O clube de criação agora é preto


Mas a vitória também vem! No dia 25/10/2021, pela primeira vez a Chapa Preta assume a diretoria do Clube de Criação. Isso mesmo. O comando da entidade é 100% negro. Formada somente por profissionais negros, de diferentes lugares do Brasil, e encabeçada por duas mulheres pretas e LGBTQIA+:  a fundadora da YGB, Joana Mendes, assume como presidente, enquanto Gabriela Moura, creative data leader da Soko, assume como vice-presidente.

Não preciso nem dizer o quanto estou feliz e o quanto isso é emocionante e inspirador. Agora sim, temos pessoas nos bastidores que pensam, conhecem e entendem da cultura afro. Não quem acha que entende tudo sobre a gente. A diversidade inspira e com isso ganharemos muito mais notoriedade nas campanhas, mostrando como realmente é o povo brasileiro. Mostrando que teremos muito mais, Camilla de Lucas, Glória Maria, Maria Julia Coutinho, Taís Araújo, Lázaro Ramos, Mano Brown, Thiago Oliveira, dentre muitos outros.

 

“Precisamos de nós mesmos essa é a questão
DMN meus irmãos descrevem com perfeição então
Gostarmos de nós brigarmos por nós
Acreditarmos mais em nós
Independentemente do que os outros façam
Tenho orgulho de mim, um rapper em ação
Nós somos negros sim de sangue e coração
Mano IceBlue me diz
Justiça é o que nos motiva a minha a sua
A nossa voz ativa”

Trecho da música Voz Ativa

Já estou com vontade de escrever mais sobre nossa História a partir de agora. Uma História contada por nós mesmos. E desejo que você, branco, procure ler, estudar e se informar sobre o privilégio da branquitude. Acesse o site e as redes sociais de nosso parceiro, a Afroeducação. Acompanhe as lives do programa “Diálogos pra não passar em branco” e torne-se uma pessoa melhor e mais informada.

Encerro por aqui meu caros, deixando uma frase do Rapper Ricon Sapiencia:

“OS PRETOS É CHAVE, ABRAM OS PORTÕES!”

Até a próxima!

 

Referências:

1.Estudo realizado pela agência Heads Propaganda e da ONU Mulheres

2.Racismo estrutural e a inteligência artificial

3.Letra e música Voz Ativa – Racionais Mc’s

4.Chapa Preta assume diretoria do Clube de Criação

 

5. Afroeducação

www.afroeducação.com.br

https://www.facebook.com/afroeducacao/

https://www.instagram.com/afroeducacao/

ZAHG Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você