[ editar artigo]

Nesse Dia do Publicitário, repense a relação (é para seu próprio bem).

Nesse Dia do Publicitário, repense a relação (é para seu próprio bem).

Chegamos novamente no dia 01 de fevereiro, data em que se comemora o Dia do Publicitário, e como sempre acontece, várias manifestações de profissionais ocorrem através de artigos, entrevistas e postagens em redes sociais. 

Atualmente é natural falarmos da evolução do profissional de publicidade, traçarmos paralelos entre o passado e presente, projetar cenários tanto otimistas quanto pessimistas para o futuro da profissão, ao mesmo tempo que as faculdades continuam produzindo uma imensa quantidade de novos profissionais que adentram o mercado com uma fome magnífica de fazer a diferença. 

Para dar aqui a minha pequena contribuição nessa conversa e prestigiar a data em que celebramos nossas escolhas profissionais, eu resolvi aderir ao modelo (antigo, mas ainda funcional) de listar os tópicos com conselhos que eu considero mais importantes atualmente para os profissionais continuarem atuando de maneira relevante no mercado publicitário. Lá vai:

Seja claro e honesto na sua proposição

Estamos vivendo uma época em que o discurso empolado, repleto de anglicismos, palavras técnicas e pirotecnias verborrágicas não convencem mais o anunciante, pelo contrário, repelem e denunciam a falta de consistência do emissor.

Ao emitir a sua opinião sobre como vai ajudar o seu cliente a atingir os objetivos de negócios dele, ao invés de falar que “vai utilizar uma estratégia disruptiva que integrará os canais mais eficientes através de um pensamento de performance consumer centric”, seja direto, diga que atingir os objetivos depende de um esforço conjunto de ambos, que o sucesso depende de como as propriedades digitais da marca estão estruturadas, que a agência vai auxiliá-lo e orientá-lo nisso. Diga que existe tempo para as coisas acontecerem, que não se tem sucesso da noite para o dia, que os resultados serão acompanhados diariamente e analisados e haverá uma construção de um caminho. Mostre como a estratégia de canais será pensada, explicando funcionalidades, formatos, segmentação de audiência, tecnologias envolvidas, etc. 

Mostre que você sabe do que está falando da melhor maneira possível: sabendo explicar claramente.

 

Seja nerd! (No sentido literal da palavra)

Se você está atuando no mercado publicitário e ainda tem resistência à tecnologia, sinto muito, mas sua carreira está no fim. Parece alarmista e catastrófico? Pois é mesmo! Conscientize-se de que um esforço tem que ser feito de sua parte para entender os mecanismos tecnológicos que regem o mercado, assim como o mundo todo.

Não é possível mais conceber um estrategista de qualquer área de uma agência que não seja minimamente íntimo do funcionamento de algoritmos e gerenciamento de dados nas mais diversas plataformas de tecnologia.

 

Promova a inclusão de verdade

A inclusão da diversidade nas equipes precisa deixar de ser apenas um discurso bacana de autopromoção das agências. A grande ficha já está caindo e muitas empresas entenderam que diversidade racial, de gênero, orientação sexual, classe social, entre outras, significa mais entendimento do mercado consumidor, mais diversidade de ideias, uma menor chance de “tropeços” em ideias e roteiros preconceituosos, além de promover um mundo mais justo e melhor (o que, convenhamos, já seria uma belíssima justificativa).

 

Nunca pare de caminhar

Última, mas não menos importante: não resista ao hoje, muito menos ao amanhã. Não é só entender de tecnologia que mantém um publicitário atualizado. Tem que ser curioso, inquieto, ler muito, entender o mercado financeiro, político, acompanhar mudanças de comportamento social, surgimento de novas plataformas de comunicação (hoje ninguém mais desdenha do TikTok, né?).

Lembre-se sempre que jovens são vetores de tendências. Se eles estão migrando para uma nova plataforma de comunicação, é provável que muito em breve seu cliente queira estar lá falando com eles. Não abrevie sua carreira por causa de preconceito e medo do novo. Aceite-o e entenda-o, isso fará um bem enorme para sua empregabilidade e também para sua vida, acredite.

Relembremos a célebre citação “Be water, my friend” de Bruce Lee:

“Esvazie sua mente. Seja sem forma, sem formato. Como a água! 
Se você coloca água em um copo, ela se torna o copo.
Se você coloca água em uma garrafa, ela se torna a garrafa.
Se você a coloca em uma chaleira, ela se torna a chaleira.
A água pode fluir mas também pode se chocar.
Seja água, meu amigo!” 

E é isso, meu tostão de contribuição para as conversas em torno das nossas profissões nesse Dia do Publicitário, que sempre chega, independente de crises, queixas, algoritmos, gurus, ou seja lá qual for o tema da vez. Que todos sejamos água!

ZAHG Academy
Marcio Jorge
Marcio Jorge Seguir

Publicitário, empreendedor, apaixonado por tecnologia e pessoas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você