[ editar artigo]

Dia do Anunciante em 2021: quais reflexões podemos fazer?

Dia do Anunciante em 2021: quais reflexões podemos fazer?

No Dia do Anunciante, gostaríamos de convocar todos vocês para uma reflexão sobre o mercado, suas tendências e desafios. As transformações constantes da publicidade, a pandemia e outras variáveis ainda vão refletir bastante sobre como fazer comunicação no mundo. Definitivamente, o momento é outro, logo as demandas são outras. 

Nesse contexto, o papel do anunciante é crucial, pois ele poderá apontar com propriedade a direção a ser seguida. No entanto, antes de tudo, é preciso compreender o que a tecnologia pode oferecer e, sobretudo, estudar sempre o ativo mais importante de uma corporação: as pessoas. Assim como sinaliza o nosso entrevistado de hoje, é preciso:

 

Manter-se atualizado e sem jamais perder o interesse genuíno pelo comportamento humano.

Marcus Bastianello Barroso

 

Para entender melhor o papel do anunciante, seus desafios, expectativas e relação com parceiros, vamos ler um pouco sobre o que  Marcus Bastianello Barroso, Gerente de Marketing da FAAP, tem para compartilhar conosco. Garantimos que a sua leitua valerá muito a pena!

 

Dia do Anunciante: expectativas, desafios e parcerias


ZA - Quais são as principais expectativas de um anunciante ao iniciar uma campanha de comunicação? 

MBB - Em primeiro lugar, é que seja entregue para as audiências corretas de uma forma eficiente no aproveitamento do valor investido. Com isso, é possível garantir que a mensagem desempenhe bem o seu papel, seja ele estimular demanda, gerar conhecimento de marca, corrigir alguma falha de percepção do público, entre outros.

ZA -  Com relação ao contexto pandêmico, quais foram os desafios do anunciante?

MBB - Não só no contexto da pandemia, mas levando em consideração que temos, pela primeira vez, cinco gerações de pessoas convivendo e consumindo. O principal desafio é segmentar as audiências e as mensagens tendo em vista um público cada vez mais refratário à propaganda e sendo exaustivamente bombardeado por mensagens em diferentes meios.

ZA - Na relação anunciante e martech, qual é o papel essencial do primeiro?

MBB - Manter-se atualizado e sem jamais perder o interesse genuíno pelo comportamento humano. Por mais que as tecnologias avancem, essas movimentações devem estar a serviço da nossa personalidade e da cultura que cada ciclo geracional imprime e influencia nos demais. É fundamental fazer uso de pesquisas recorrentemente, entender a fundo o perfil do cliente e buscar constantemente ligar à marca às necessidades funcionais e aspiracionais do público, mantendo-a sempre útil e necessária.

 

É sempre proveitoso aprender com um especialista, não é? A partir daqui, gostaríamos de conhecer  as experiências de vocês sendo anunciante ou estando na outra ponta desse relacionamento, sendo uma agência, por exemplo. Vamos falar?!
 

ZAHG Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você